terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Homens trabalhando...

Acabei de passar os olhos por este blog e me coloquei no lugar de um leitor. Percebi que, quando comecei a escrever neste espaço, estava empolgado com o blog como uma "ferramenta extra de comunicação", pensando que ele atrairia mais informações, colaboradores, etc. Por isso, escrevia com mais frequência.
Notei, também, que estou há bons dias sem escrever nada por aqui. Isso deve-se, em parte, à virada de ano, período em que todo mortal merece descansar, curtir mais a família, viajar (se possível), revisar conceitos e fazer planos para o novo ano. Nelsão viajou para o Nordeste e eu me coloquei a trabalhar no texto final do livro, em um ritmo feroz. Isso ninguém vê mas, se eu não contar aqui no blog, algumas pessoas poderão pensar que não estou fazendo nada.
A quem aguarda a biografia do Nelsão, devo esta satisfação: o trabalho está caminhando muito bem. Uma pessoa, muito especial para mim, já está me ajudando a conferir e corrigir os textos. Meu trabalho de pesquisa também tem sido bastante frutífero.
Boa parte desta pesquisa devo a pessoas que têm colaborado comigo. Quero aqui fazer um especial agradecimento a elas, desde já, e espero que surjam outras pessoas dispostas a colaborar.
- MAURÍCIO CAMPOS, sobrinho de Nelsão, mora no Ceará e escreveu para mim. Já me passou informações valiosas e se propôs a manter contato e me ajudar no que eu precisar. Muito obrigado, Maurício!
- Também recebi um e-mail do pessoal do US Blacks, do Distrito Federal, com relatos muito importantes sobre a passagem de Nelsão por lá, em meados da década de 1970. Nelsão morou um ano na Ceilândia e mais um ano em Sobradinho, período em que ajudou a fomentar a cena black por lá. Não por acaso, o DF é hoje um celeiro de excelentes b.boys e b.girls, e possui importante representatividade no hip-hop brasileiro. Agradeço profundamente por mais esta colaboração dos parceiros Éddy Brown, Mr. Bimba, D'Bellus e Black Matuza.

* Volto a frisar que quem ainda tiver relatos que julguem ser importantes, sobre Nelson Triunfo e sua trajetória, pode também colaborar com a biografia. Basta escrever para biografiadenelsontriunfo@gmail.com

Antes que alguém pense que estou parado, deixo claro: aqui há HOMENS TRABALHANDO!

Um comentário:

  1. Boa sorte, Giba, nice work! Me chama para o lançamento...

    ResponderExcluir

Colabore com o desenvolvimento deste registro histórico!
Utilize este espaço para fazer comentários, críticas e observações, ou escreva para biografiadenelsontriunfo@gmail.com